O lado bom de tudo, existe?

      Quando entramos em algum projeto na nossa vida, independente da área a que este projeto pertença, embora saibamos que haja a possibilidade de imprevistos, acidentes, incidentes, sempre somos pegos de surpresa; talvez por nos habituarmos com o fato de tudo estar fluindo como o planejado e, de repente acontece algo e nos vemos aflitos, desesperados.
       Tem o “tar” de Romanos 8:28 que diz que “tudo coopera para o bem”. Tudo. Isso quer dizer, então, que até o que é ruim é pra nosso bem? Se entendi bem, é o que Paulo quis dizer. Levando em conta a própria experiência de Paulo, ter sido alguém influente e importante e de repente desprezado e perseguido, dependendo da caridade dos irmãos em Cristo, foi preso, açoitado… e declarou que tudo foi para o seu benefício.
       Depois de tantas coisas boas na minha vida, quando imaginei que ao menos seguiria como estava, eu estava tranquila, até ter sido supreendida com uma atitude negativa por parte de alguém próximo a mim, o que me prejudicou sobremaneira em diversas áreas da minha vida. 
          Minha reação, além de chorar muito, foi de pensar em alternativas para me tirar de onde estou. Sentimento de raiva, mágoa, decepção estavam tão latentes em meu peito que, eu até poderia ter pensamentos de vingança, querer que a pessoa recebesse na mesma moeda, mas não. O que passei a querer foi sair de onde estou, simplesmente, além de que não posso deixar de considerar que tudo tem consequências, boas ou ruins, dependendo da decisão que eu tomar.
          E os pensamentos permeiam minha mente de tal forma que chegam a me fazer perder o foco de minhas metas e objetivos. E quando me encontro neste estado, preciso, mesmo em meio a pensamentos negativos, esperar a tempestade interna passar. Isso inclui um banho, uma noite de sono e situações que me proporcionem desligamento daquele problema levantado, seja um filme, um jogo, ir à igreja, conversar com amigos… estar com meu marido...
     E assim tem acontecido diariamente esta semana comigo. Situações que me deixam profundamente decepcionada, uma atrás da outra, me fazendo simplesmente me distanciar dessas pessoas, do lugar em que me encontro. Começo então a pensar em alternativas e a pesar se vale a pena seguir com as ideias que surgem para tentar resolver minha situação. Mas o tempo de espera, a noite de sono, o banho, me acalmam um pouco e tento seguir com coisas mais concretas, mais bem refletidas, pois tenho de pensar a longo prazo os efeitos que minhas decisões definirão.
             O que me sobra hoje é orar, confiar, entregar…
        Como disse Davi, "Não se aborreça por causa dos homens maus e não tenha inveja dos perversos; pois como o capim logo secarão, como a relva verde logo murcharão. Confie no Senhor e faça o bem; assim você habitará na terra e desfrutará segurança. Deleite-se no Senhor, e ele atenderá aos desejos do seu coração. Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá: Ele deixará claro como a alvorada que você é justo, e como o sol do meio-dia que você é inocente. Descanse no Senhor e aguarde por ele com paciência; não se aborreça com o sucesso dos outros, nem com aqueles que maquinam o mal. Evite a ira e rejeite a fúria; não se irrite: isso só leva ao mal. Pois os maus serão eliminados, mas os que esperam no Senhor receberão a terra por herança”. Salmos 37:1-9
             Me apego a esses versos e procurando me entregar nas mãos de Deus.

O que dizer de um mês de casada?

Falar sobre os primeiros 31 dias de casada não é algo difícil. Tenho vivido momentos inesquecíveis na minha vida; meu marido é um homem maravilhoso e só tenho a agradecer a Deus por cada instante que passamos juntinhos.
Descobri no decorrer do nosso namoro e noivado que somos amigos e desfrutamos da companhia um do outro. Somos companheiros e ir pra casa no fim de um dia cansativo é tudo o que desejamos.
Muitos se casam por diversos motivos e a maioria deles, errados... cansar de morar com os pais, sexo, dinheiro... a lista de motivos é bem grande, mas sabemos que, se não houver amor, compromisso, confiança, dificilmente o casamento dará certo.
É muito bom quando você vê que seu cônjuge te completa em todos os sentidos. 
Temos muitas diferenças, mas as semelhanças são maiores. Religião, gostos musicais, culinários, entretenimento... Somos atraídos um ao outro por conta disso, além do desejo um pelo outro, o querer cuidar um do outro como pode, o pensamento constante um no outro. É algo gostoso de viver, sentir, ter.
Oramos diariamente um com o outro, pedindo a Deus por mais amor um pelo outro; eu pelo menos entendo que quando temos amor, temos paciência, confiamos... outra coisa que temos aprendido e entendido na prática é a presença constante de Deus na nossa vida e relacionamento. Essa tem sido a melhor experiência que tenho vivido. Ter alguém com quem estudar a lição todas as manhãs, orar, cantar, ir à igreja e ali participarmos juntos... não tem preço!
Resumindo, vale a pena esperar pela pessoa que Deus está preparando. Às vezes, estamos namorando alguém, apaixonados estamos, Deus manda sinais de que não é Sua vontade para a nossa vida não é a pessoa certa para nos preencher e fazer felizes e insistimos no relacionamento e até pode ser que nos casemos, achando que é o certo, que é a pessoa da nossa vida e, poucos momentos depois, temos a decepção que estava estampada, muitos vira,m e nos avisaram, mas não demos ouvidos e agora vemos, em um momento da vida em que muitas vezes não tem como voltar atrás.
Portanto, devemos continuar buscando em Deus a pessoa com quem devemos passar o resto de nossa vida, estarmos atentos aos sinais e aos conselhos de pessoas experientes e sábias que nos amam, bem como aos sinais de Deus pra nós.
Feito isso, quando virmos que encontramos nossa metade e ela se encaixa perfeitamente em você, Deus vai cuidando de nós, abrindo portas, mostrando que é da Sua vontade e o melhor de tudo: nos abençoando como casal, como indivíduos.
Tudo tem seu tempo exato de ocorrer.
Que Deus abençoe ricamente sua vida!

Um verdadeiro conto de fadas...

Depois de tanto empenho, ansiedade, dedicação minha, da família e amigos, meu casamento aconteceu!
Marcado para às 10h30 do dia 9 de dezembro, na IASD Mirassol. A igreja estava lotada, um misto de alegria, ansiedade, nervosismo, calmaria...
E Deus sempre perfeito! A igreja lindamente decorada, os padrinhos belamente vestidos, o noivo mais lindo do que já o é, também ansioso. Atrasou meia hora, mas estava nos conformes.
Fiz surpresa pra ele: entrei cantando "Escolhi te esperar" e consegui emocioná-lo. Minha irmã cantou uma música surpresa pra gente, mas era uma que eu queria ter cantado ao entrar na igreja.
Depois cantamos, fizemos os votos, os quais foram bem emocionantes, depois a oração de joelhos, cantei o "Pai Nosso" após a oração... as alianças... Bem, quando noivamos, compramos alianças de moeda antiga e seria o que usaríamos em nosso casamento e por um bom tempo, mas minha mãe nos surpreendeu com um par de alianças de ouro.
O beijo... bem, ele cobrou o pastor do beijo e todos riram. Ao ser liberado, ele me pegou no colo e demos nosso primeiro beijo de casados.
Ao sairmos da igreja, fomos surpreendidos de novo, agora com um carro antigo, aqueles DKVs, mas eram restaurados e nos levaram para a recepção em Neves Paulista
Eu estava tensa quanto à qualidade da comida, uma vez que ali havia pessoas de todo tipo e posses. Algumas exigentes, outras nem tanto. Contudo, ao comer, nos deliciamos com os pratos da cozinheira. Tudo perfeito!
Os docinhos que eu não faria, achei uma promoção da Sodiê doces e estavam maravilhosos. O bolo, pessoas colocaram defeitos na boleira, mas na festa, falaram que nunca comeram um bolo tão bom.
Tudo foi perfeito! Deus esteve no comando de tudo!
Nossa noite de núpcias foi em um hotel muito bom no centro de Rio Preto, pois como não viajaríamos, queríamos um lugar pra nos alimentar no dia seguinte pela manhã. E à tarde, depois de resolvermos algumas coisas, fomos pra nossa casa.
São adaptações agora, mas tenho me esforçado para agradá-lo, fazê-lo feliz e sinto que ele tem feito o mesmo.
Agora só rogando a Deus para que nossa união seja uma bênção pra gente, pras pessoas ao nosso redor.

Abaixo estão algumas fotos deste momento tão especial de nossa vida.









-











Mais cuidados de Deus...

É gostoso sentir e ver Deus cuidando da gente. Coisas como nos lembrar de coisas importantes a fazer, cuidar para que não chova, dar tempo de pegar o ônibus...
E hoje mesmo não foi diferente.
Há meses, o médico pediu alguns exames pra eu fazer e marcou retorno pra 6 meses. Agendei um dos exames e o de sangue é só chegar no laboratório em jejum... Fiz o exame no ultimo dia 24, mas não dava tempo de colher sangue, pq eu não poderia chegar atrasada para fazer a endoscopia.
Os dias foram passando e eu não me lembrava que não deveria tomar o desjejum pela manhã; porém hoje, enquanto eu preparava o café da manhã, me lembrei do bendito exame de sangue. Comentei com meu amor sobre o mesmo e decidi que faria hoje. Preparei meu pão, mas o embrulhei num guardanapo de papel, a fim de que eu comesse depois.
Chegando no ambulatório, a fila de preferenciais me preocupou um pouco e pensei que teria problemas para chegar a tempo no meu serviço. Mas ao entrar, a enfermeira foi preparando os papéis, mas descobri que, por ser cadeirante, sou uma preferencial dos preferenciais, seria atendida em uma sala diferente da dos idosos.
O sangue foi colhido rapidamente e, ao sair, fui orando, pedindo a graça de Deus para pegar o ônibus a tempo. Ao consultar o horário do ônibus, vi que demoraria uns 15 minutos, mas passou cinco minutos depois, ou seja, dez minutos antes do previsto. Embarquei, desembarquei no meu ponto perto do trabalho e ao chegar no relógio de ponto, vi que ainda faltavam 4 minutos para o início do meu expediente.
Fiquei tão feliz com mais este mimo de Deus e quis compartilhar com você, deixando o recado de que Deus está cuidando de você, por mais que você se sinta sozinho(a) e abandonado(a). Ele nos ama tanto que a todo instante está trabalhando para que sejamos protegidos, abençoados, bem sucedidos... enfim, felizes.
Tenha um ótimo dia!